Notícia

Transporte público e trânsito são temas de reunião

O vereador Rafael de Angeli (PSDB) se reuniu na segunda-feira (25) com o diretor presidente da Controladoria do Transporte de Araraquara (CTA), Nilson Carneiro, para discutir problemas apontados por munícipes relativos a ônibus, sinalização e redutores de velocidade.

“A maioria das questões levantadas já tinha sido encaminhada à CTA na forma de indicação. Vim verificar seu andamento e consultar a diretoria sobre outros assuntos”, explica o parlamentar. A ouvidora Cristiane Ferreira e a assistente administrativa Denise Magrini, ambas da CTA, participaram da reunião. Duas questões relacionadas a horários e trajetos de ônibus foram discutidas. Um usuário da linha Rodorib/TCI, que liga o Centro ao Jardim Nova Araraquara, apontou que o ônibus do primeiro horário não passa pelo balão próximo à sua casa em tempo hábil para a sua entrada no trabalho, às 6 horas. Além disso, moradores das proximidades da União dos Deficientes Físicos de Araraquara (Udefa) se queixaram de que o último ônibus da linha Vila Xavier/Campus passa em frente à entidade às 17h30, sendo ausente nos finais de semana. Segundo Carneiro e Cristiane, o ônibus que passa em frente à Udefa foi programado para atender os pacientes da entidade, motivo pelo qual não corre fora do horário de funcionamento. “Depois das 17h30 e nos fins de semana, os usuários devem utilizar o ponto do Chicão (Escola Estadual ‘Francisco Pedro Monteiro da Silva’), a 300 metros da Udefa”, orienta a ouvidora. Quanto ao Jardim Nova Araraquara, a CTA entrará em contato diretamente com o morador, dado que o horário do primeiro ônibus no endereço é 5h35. “Vamos tentar entender melhor o problema dele, pois temos outros usuários que entram às 6 horas da manhã no trabalho e sabemos que conseguem chegar a tempo”, declara Cristiane. Ainda relativamente ao transporte público, alguns munícipes pediram para consultar a CTA sobre a possibilidade de mudar dois pontos de ônibus: um na Rua Nove de Julho, nas proximidades do Centralizado da Prefeitura, e outro na Rua João Batista de Oliveira, na Vila Xavier. A equipe da CTA estudará a possibilidade de alteração do ponto da Nove de Julho, que atualmente fica entre duas guias rebaixadas, podendo ser deslocado para um longo muro no mesmo quarteirão. O ponto da Vila Xavier, no entanto, é uma questão mais complexa: “Já estivemos lá para avaliar a possibilidade. Sabemos que, em alguns horários, três linhas de ônibus coincidem, complicando a visibilidade e o embarque dos passageiros, mas não foi possível encontrar um local mais adequado. Retornaremos para tentar mais uma vez”, propõe Carneiro, adiantando que uma cobertura para o referido ponto está sendo providenciada. Também foram solicitados redutores de velocidade na Avenida Governador Orestes Quércia, no Altos do Jaraguá, e na Avenida São João, entre a Rua Maria Brambilla Passos e a Avenida Engenheiro Roberto Lebre Sampaio, na Vila Xavier. A CTA estudará a viabilidade de instalação dos dispositivos. Melhorias na sinalização da Avenida Domingos Ferrari Júnior, no Jardim Victório De Santi II, e na Rua Ismael de Araújo, no Jardim das Estações, também foram demandas levantadas durante a reunião. Carneiro enviará equipes aos dois locais. Outro ponto discutido foi a possibilidade de instalar faixas de pedestres na Rua Professor Salomão Tabak, no Selmi Dei, e na Avenida Padre Antônio Cezarino, na Vila Xavier. Carneiro confirmou que a do Selmi Dei será instalada, mas não a da Vila Xavier. “Já estudamos a viabilidade de uma faixa ali, pois não é a primeira vez que nos pedem. No entanto, devido ao tráfego intenso na região e ao grande número de pedestres, devido a um restaurante muito popular, concluímos que a faixa aumentaria o risco de atropelamentos no local”, explica Carneiro. Ainda com relação à sinalização, moradores pediram que haja uma placa no canteiro central com o nome da Avenida Cristóvão Colombo, no cruzamento com a Rua Castro Alves. “Estamos instalando placas com nomes em toda a Castro Alves e na Bento de Abreu. Não ficará nenhuma faltando”, garante o presidente da CTA. A pedido do parlamentar, a CTA também avaliará a possiblidade de recuar as vagas para estacionamento na Avenida Presidente Vargas, em frente à Ceproara. “Os carros estacionados atrapalham o trânsito para quem vai entrar na Rua Castro Alves, causando congestionamento, principalmente no final da tarde, quando as pessoas saem do trabalho e os alunos chegam para as aulas”, diz Angeli. A CTA estudará a possibilidade.

Uber e idosos

O vereador foi procurado por motoristas do aplicativo Uber que questionaram a licitude de cones que os motoristas de táxi utilizam para demarcar vagas em frente à rodoviária. Nilson Carneiro esclareceu que as vagas pertencem realmente aos taxistas, que usam os cones para organizarem a ordem de saída dos veículos, não havendo nenhuma irregularidade em sua demarcação. Outro ponto abordado na reunião foi a ampliação de vagas de estacionamento para idosos no Centro da cidade, possibilidade descartada pelo presidente da CTA. “Foram distribuídas 11 mil credenciais para idosos na cidade. A Área Azul tem 1.100 vagas, sendo 90 reservadas para idosos. Precisamos levar em conta que em Araraquara as credenciais são fornecidas para pessoas acima de 60 anos e que o estacionamento não é pago, em vez do mínimo de 65 anos e pagantes, como em outras cidades. A região central é difícil mesmo, para todos os motoristas, mas é preciso garantir a rotatividade.” Angeli ficou satisfeito com o resultado da reunião. “O coordenador de trânsito é sempre muito solícito com nossas demandas e, dentro do possível, tenta ajudar nos problemas apontados pelos usuários. Esta relação da Câmara com a CTA é muito importante para melhorarmos o trânsito e a mobilidade urbana de toda a nossa cidade”.

Confira as fotos aqui.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter