Notícia

Vereador discute situação de agentes educacionais com secretária de Educação


Em busca de uma maior valorização da carreira, diversas agentes educacionais procuraram o vereador Rafael de Angeli (PSDB). De acordo com uma das agentes, a última mudança no Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) tirou o direito de enquadramento com pedagogia, ou seja, os profissionais fazem um curso superior ou uma especialização, mas não são promovidos.


“Somos cobradas para sermos mais, porém não recebemos esse retorno. A gente aguarda essa promoção. A função não nos frustra, o que nos frustra é essa situação”, afirmou uma agente.


Para debater a situação, Angeli se reuniu, na tarde de quarta-feira (8), com a secretária de Educação, Clélia Mara Santos, que falou da necessidade de fazer um levantamento dos agentes educacionais que estão nessa condição hoje para saber o impacto financeiro e analisar o que pode ser feito. “Vocês estão cobertas de razão. Precisamos de mecanismos para que continuem motivadas. Vocês têm o direito de serem promovidas por terem se qualificado e por poderem proporcionar um desenvolvimento melhor para as crianças”.


De acordo com a secretária, que se mostrou à disposição das agentes presentes, o município precisaria de mais agentes educacionais. “Atualmente são 612 profissionais e mais 40 deverão ser convocados neste ano, mas precisaríamos dobrar esse número”, explicou.


“Precisamos de mais parcerias para que possamos nos aprimorar por meio de graduações, pós, especializações, pois muitos querem fazer, mas não têm condições, têm filhos, gastos”, levantou outra agente.


As profissionais mostraram-se satisfeitas com o que foi discutido e com a proposta da secretária de uma nova conversa após a realização dos estudos para o projeto.


Segundo Angeli, “é muito importante existir esse diálogo com os responsáveis pelo setor, pois ouvir as reivindicações é essencial para a melhora da qualidade do trabalho de cada cidadão. Junto com a Câmara, eu me coloco à disposição para que a secretária possa levar este pedido ao prefeito. Tenho certeza de que em breve teremos boas notícias sobre esta aguardada e merecida conquista dos nossos educadores”.


Além de diversas agentes educacionais, também participaram da reunião a gerente de Educação Infantil, Muriane Assis, e a coordenadora executiva de Política Educacional e gerente de Ensino Fundamental, Beatriz Lia.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter