Notícia

Bancada do PSDB cobra retorno da Central 190 e instalação de bebedouros nas rodovias

Requerimentos foram apresentados na última Sessão Ordinária

Na 135ª Sessão Ordinária da 17ª Legislatura da Câmara Municipal de Araraquara, realizada na terça-feira (3), a bancada do PSDB, composta pelos vereadores Delegado Elton Negrini, Jéferson Yashuda, José Carlos Porsani e Rafael de Angeli, apresentou dois requerimentos com pedidos de informação. Um foi dirigido ao governo estadual, solicitando a volta da “Central 190” para a cidade, enquanto o outro foi endereçado às esferas federal e estadual para que as empresas que exploram serviços de alimentação e bebidas nas rodovias disponibilizem bebedouro com água potável para a população.

Remetido ao governador João Doria (PSDB) e ao secretário estadual de Segurança Pública, General João Camilo Pires de Campos, o Requerimento nº 1647/2019 explica que, com o deslocamento da “Central 190” para a Central de Operações da Polícia Militar (Copom) de Ribeirão Preto, houve aumento do tempo de atendimento e também dos procedimentos explicativos para formalizar a ocorrência. “A Central de Ribeirão Preto recebe mais de sete mil ligações mensais sobre ocorrências e denúncias de crimes, e ainda tem que realizar a triagem das cidades envolvidas, causando demora no atendimento da população”, cita o texto.

Já o Requerimento nº 1640/2019 aponta os preços abusivos dos alimentos e bebidas cobrados pelos postos de serviços e de combustíveis nas estradas de todo o país para solicitar o empenho dos governos federal e estadual para criação de legislação específica que beneficie a população. A ideia é exigir que “todas as empresas que exploram o serviço de alimentação, bebidas e de abastecimento de combustíveis, disponibilizem ao menos um bebedouro com água filtrada potável, em contrapartida à concessão pública de prestação de serviços ao referido público”.

Para o vereador José Carlos Porsani, são apelos legítimos da população que merecem ser atendidos. “Primeiramente, o ‘190’ em nosso município é vital para a agilidade dos atendimentos. E disponibilizar um bebedouro não custa nada para as empresas que se beneficiam da concessão pública”, disse.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter