Notícia

Câmara aprova jornada de trabalho especial para servidor do Daae que tenha cônjuge, filho ou depende


Na Sessão Ordinária de terça-feira (3), no Plenário da Câmara Municipal de Araraquara, os vereadores deram autorização para que o Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae) conceda horário especial a servidor estudante e a servidor que tenha cônjuge, filho ou dependente com deficiência. Benefício semelhante foi concedido aos servidores da Prefeitura, no projeto aprovado pela Câmara, em maio deste ano.


A Prefeitura recebeu autorização da Câmara para abrir um crédito de R$ 50 mil para adquirir gêneros alimentícios e hortifrutigranjeiros para o fornecimento de refeições diárias ao quartel do Corpo de Bombeiros. Os dois projetos de denominação de vias públicas foram aprovados na Sessão. O projeto do vereador Paulo Landim denomina Avenida Guiomar Brandão, via do Jardim Boa Vista III, na região do Selmi Dey 2. E o projeto do vereador Pastor Raimundo Bezerra denomina Avenida Luiz Miguel da Silva, via do Jardim Santa Thereza, próximo ao Jardim Biagioni.


Foram também aprovados os dois pedidos para que matérias jornalísticas publicadas na imprensa da cidade passem a fazer parte do Arquivo Histórico da Câmara. O pedido do vereador Dr. Elton Negrini foi para a matéria do jornal "Folha da Cidade", intitulada “Missa solene marca bicentenário da Matriz de São Bento e da cidade de Araraquara”. E o pedido do vereador Rafael de Angeli foi para a matéria do jornal “Folha da Cidade”, com o título “Símbolos de Araraquara - Elementos, versos e cores que preservam 200 anos de história da Morada do Sol”, de autoria de Rogério Belmiro Tampellini. A pedido da própria autora, foi adiada a votação do projeto da vereadora Thainara Faria, denominando Bosque "Tereza Margiotti" o bosque situado no Centro de Esportes e Lazer “William Bucalem”, no Jardim Botânico, na Rua Gennaro Granata.

Requerimentos

Ao final da Sessão, foram aprovados cinco requerimentos pedindo informações ou encaminhamento de diversos assuntos. A bancada do PSDB (formada pelos vereadores Jéferson Yashuda Farmacêutico, José Carlos Porsani, Dr. Elton Negrini e Rafael de Angeli) pediu informações à Prefeitura sobre a gestão em torno do Programa Município Verde Azul. São questionamentos como a situação do descarte dos resíduos da construção e dos bolsões de entulhos; a atual situação do Centro de Educação Ambiental (Ceama) e como estão sendo utilizadas as caçambas e o caminhão poliguindaste recebidos no âmbito do programa no ano de 2016. Já o vereador Dr. Elton Negrini pediu à Prefeitura explicações lógicas que justifiquem o desmonte realizado nos relógios de tempo que existem em vários semáforos da cidade.


O pedido de informações feito pelo vereador Rafael de Angeli também é direcionado à Prefeitura para esclarecimento de quais medidas serão tomadas para que o Parque do Basalto seja reaberto à população. Desde 1998, o parque tinha sua administração concedida à Universidade de Araraquara (Uniara) que, recentemente, no mês de agosto, devolveu sua administração à Prefeitura, antes do vencimento do contrato, o que ocasionou o fechamento do parque, que era visitado por alunos das escolas e público em geral. A vereadora Thainara Faria foi autora do pedido feito à Prefeitura para que preste informação sobre a atividade de agente operacional de serviços públicos no setor de pintura de sinalização de trânsito.


O vereador Zé Luiz também foi autor de um pedido de informações encaminhado à Prefeitura. Ele pede documentação à Fundesport, que comprove os gastos relativos a contratos, outros serviços de terceiro de pessoa física e outros serviços de pessoa jurídica.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter