Notícia

Como andam as obras do Gigantão após o desabamento de 2010?

Questionamento foi levantado pelo vereador Rafael de Angeli em documento protocolado na Prefeitura.

Imagem: Reprodução/Portal Morada

Na quarta-feira (8), o vereador Rafael de Angeli (PSDB) protocolou o Requerimento nº 1.146/2021, solicitando ao Executivo respostas a respeito do Ginásio Municipal de Esportes "Castelo Branco" (Gigantão).


O parlamentar argumentou que o desabamento de parte do Gigantão, em 2010, causou atrito entre a Administração e o Ministério Público, resultando na interdição do local em 2019, e que a Promotoria instaurou um inquérito civil para recuperar os prédios, mas as reformas feitas não foram suficientes.


Angeli alegou ainda que foi elaborado um acordo pelo qual a Prefeitura teria um prazo de seis meses, a partir do dia 1º de janeiro de 2020, para realizar licitações que visassem à impermeabilização da cobertura e ao "tratamento de concreto". O prazo de execução era de 360 dias.


Levando em conta todas as considerações citadas acima, o vereador perguntou à Prefeitura quando a obra foi iniciada, qual o seu valor estimado e quanto já foi gasto, em qual etapa ela se encontra e qual é a data da sua finalização.


O vereador destaca a importância da reforma, explicando que:

"O Gigantão foi inaugurado em 1969, é um dos complexos esportivos mais famosos do estado de São Paulo e já foi palco para diversos eventos importantes, tanto no esporte quanto em shows musicais".


20/12/21

1 comentário