Notícia

Conteúdos digitais na educação municipal são tema de requerimento

Vereador Rafael de Angeli é autor da propositura

Com as aulas suspensas desde março, a Secretaria Municipal de Educação preparou algumas sugestões de conteúdos digitais que estão disponíveis no Portal da Prefeitura. Considerando que o número de famílias em situação de vulnerabilidade é grande em nosso município, o vereador Rafael de Angeli (PSDB) encaminhou o Requerimento nº 446/2020, solicitando informações sobre como a Prefeitura garantirá o acesso de todos os estudantes aos conteúdos mencionados.


O parlamentar questionou se houve algum levantamento da quantidade de crianças que não têm computadores, smartphones ou tablets com acesso à internet e se há alguma outra maneira de adquirir esse material educativo.

Angeli destacou que o Governo do Estado de São Paulo lançou os aplicativos CMSP (Centro de Mídias SP) e CMSP Educação Infantil e Anos Iniciais, que estão disponíveis para os sistemas iOS (Apple) e Android (Google) e necessitam de internet para serem baixados, mas o acesso, a eles e ao conteúdo, é realizado de forma gratuita.


Por isso, o vereador também quer saber se existe a possibilidade de o Executivo criar aplicativos, tendo como base aqueles lançados pelo governo estadual e se há alguma tecnologia a ser contratada para que o acesso ao Portal da Prefeitura seja realizado de forma gratuita.

“A desigualdade e as dificuldades enfrentadas pelos estudantes e até mesmo pelos professores, como estruturais, relação família-escola, problemas sociais e conteúdo, são os obstáculos da educação remota. Nem todos têm a situação estruturada. É preciso fazer um levantamento e identificar a realidade de cada aluno e de cada família”, concluiu Angeli.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter