Notícia

Dia Municipal da Literatura é celebrado com exposição na Câmara

Vereador Rafael de Angeli e escritora Darcy Dantas estiveram presentes no evento.


Nesta segunda-feira (11), em comemoração ao Dia Municipal da Literatura em Araraquara, foram expostos, no saguão da Câmara Municipal, prosas e poemas escritos em oficina no Centro de Ressocialização (CR) Masculino.


Essa data foi instituída pela Lei nº 9.614/2019 – que partiu de uma iniciativa do primeiro secretário da Mesa Diretora do Legislativo, vereador Rafael de Angeli (PSDB), – como uma homenagem a entrada do escritor araraquarense Ignácio de Loyola Brandão na Academia Brasileira de Letras (ABL), na cadeira 11, e um lembrete de apreciação à literatura.


A vereadora Fabi Virgílio destacou a importância de uma exposição como essa. "A literatura faz isso, tira o que você tem de melhor para oferecer para a sociedade, a gente não pode desistir, jamais, de ninguém".


Darcy Dantas, responsável por fazer trabalhos de leitura e literatura no CR masculino e membro da Academia Araraquarense de Letras, comentou sobre a criação da data dedicada à literatura na cidade. "A literatura é celebrada no mundo todo a cada minuto e a cada segundo, mas, pela efervescência cultural de Araraquara, eu pensei que ela merecia sim um dia. Araraquara tem um legado cultural extremamente grande e bonito que mexe com o coração da gente".


Darcy, autora da sugestão do projeto, frisou ainda a importância da presença da literatura na sociedade. "O declínio da literatura é o sinal do declínio de uma nação".


Angeli comentou sobre a abertura das portas da Câmara para receber uma exposição pela primeira vez desde o início da pandemia.


"Esse trabalho significa para nós a volta de um tempo pandêmico que nós vivemos, esse dois anos que foram caminhos dolorosos para muita gente. Estamos aqui hoje celebrando o Dia Municipal da Literatura".


11/4/22