Notícia

Dia Municipal de Doação do Leite Humano será realizado em 18 de maio

Vereador Rafael de Angeli e equipe da Fungota discutem detalhes da programação


Na quarta-feira (24), os preparativos para as comemorações do Dia Municipal de Doação do Leite Humano em Araraquara tiveram seu pontapé inicial com uma reunião na Fungota entre o vereador Rafael de Angeli (PSDB), autor da Lei Municipal nº 8.933/2017, que instituiu a data, a diretora executiva da Fungota, Lúcia Ortiz Lima, a diretora técnica da instituição, Emanuelle Laurenti, a coordenadora do Posto de Coleta de Leite Materno, Mayara Assone, e a estudante de Enfermagem Ângela Regina Vais.

O grupo discutiu as atividades que serão oferecidas no dia da comemoração, que será realizada no Parque Infantil. “Inicialmente, tínhamos pensado na Praça Santa Cruz, mas chegamos à conclusão de que o Parque Infantil oferece a mesma visibilidade, porém com mais sombra e espaço para as pessoas se acomodarem”, explica Emanuelle. A equipe da maternidade já entrou em contato com a Prefeitura, que cederá mesas, cadeiras e barracas para o evento. Entre as atividades planejadas, estão dramatizações, palestras e orientações para mamães, atuais e futuras, sobre os benefícios da amamentação, com dicas sobre posicionamento dos bebês e outras informações úteis. “Podemos convidar mães que amamentam, doadoras ou não, para se reunirem, amamentarem seus filhos e trocarem ideias com os participantes. Atualmente, contamos com cerca de 50 mães cadastradas, sendo dez as doadoras frequentes”, diz Mayara. “Também seria interessante convidar doulas, avós e tias, ou seja, outras pessoas que acabam influenciando a prática da amamentação nas famílias”, acrescenta Ângela.


Durante todo o dia, serão distribuídos panfletos informativos sobre amamentação e sobre o funcionamento do Posto de Coleta de Leite Humano da Gota de Leite. “Providenciaremos programação para o dia todo. O interessante de um evento como este é a possibilidade de alcançar um maior número de pessoas do que nos atendimentos na maternidade, é um público muito mais amplo e variado”, observa Lúcia. O gabinete de Angeli ajudará a divulgar o evento. “É um tema importante, que deveria ser levantado o ano todo, pois envolve muitos mitos e preconceitos que precisam ser derrubados. Por exemplo, a ideia de que faltará leite para o próprio filho se uma mulher doar; é exatamente o contrário: quanto mais se doa, mais o organismo produz leite. Queremos sensibilizar as mulheres aptas à doação para colaborarem com o Posto de Coleta da Gota, que presta um excelente serviço no município”, conclui o parlamentar. O evento acontecerá no Parque Infantil no dia 18 de maio, sábado, das 8 às 17 horas.  


Como doar


O leite que chega ao Posto de Coleta de Leite Humano da Maternidade Gota de Leite é destinado às crianças da UTI Neonatal da Gota e do Hospital São Paulo. São priorizados os bebês prematuros e os que estão abaixo do peso e não sugam as mamas voluntariamente. O leite doado é analisado, pasteurizado e submetido a um rigoroso controle de qualidade no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto antes de ser ofertado a uma criança. A primeira doação deve ser previamente agendada com a equipe do Posto de Coleta na Gota de Leite, localizada na Rua Carlos Gomes, 1.610, no Centro. O posto funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, com horários pré-agendados para triagem e doações.


Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 3305-1530.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter