Notícia

Escotismo é reconhecido em lei

A autoria é do vereador Rafael de Angeli.

Em solenidade realizada na Prefeitura, na tarde da quarta-feira (4), a lei que cria o Diploma Mérito Escoteiro, de autoria do vereador Rafael de Angeli (PSDB), foi sancionada pelo prefeito Edinho Silva.


Segundo o parlamentar, a iniciativa teve como objetivo o reconhecimento do trabalho.


“A lei visa a valorizar os dois grupos de escoteiros que existem na cidade e, desse modo, incentivar cada vez mais esse trabalho que, por meio da proatividade e da preocupação com o próximo e com o meio ambiente, forma jovens engajados em construir um mundo melhor, mais justo e mais fraterno”.

Na ocasião esteve presente, José Eduardo Biffe, membro do grupo Escoteiro Araraquara “José Luiz Torquato”, que agradeceu a elaboração do projeto e sanção da lei. “Agora o trabalho que desenvolvemos ao longo de todo o ano passa a ser reconhecido”.

Edinho também parabenizou a iniciativa. “É um movimento que precisa ser estimulado, que precisa ser desenvolvido, porque ele muda a experiência da criança e do adolescente”.


A honraria será entregue anualmente no dia 23 de abril aos escoteiros que se destacarem. Serão até seis diplomas, por Grupo de Escoteiro, sendo um para cada categoria: Jovem Lobinho, Jovem Escoteiro, Jovem Sênior, Jovem Pioneiro, Adulto Voluntário Chefe e Adulto Voluntário Dirigente. A escolha dos homenageados será feita por cada grupo em reconhecimento pelo espírito escoteiro, aprendizado ou trabalho voluntário em prol da comunidade ou do próprio grupo. Os recursos necessários para atender as despesas da lei serão obtidos mediante parcerias com empresas de iniciativa privada ou não governamentais, sem gerar custos para o município.



Confira mais fotos aqui.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter