top of page

Notícia

Feira Popular da passarela 'Orival Ramalho' é alvo de críticas e fiscalização

Vereador Rafael de Angeli pede informações sobre local, que recebeu investimento de R$ 690 mil.

Feira Popular
Imagem/Reprodução: A CidadeOn Araraquara

A Prefeitura de Araraquara investiu aproximadamente R$ 300 mil na estrutura da passarela "Orival Ramalho" e lançou o projeto Feira Popular no local. Na ocasião, também foi anunciado o valor de R$ 390 mil no processo de abertura de licitação para a aquisição de dez quiosques duplos.


O local pode abrigar 20 empreendedores, com o objetivo de regularizar a situação dos ambulantes que comercializavam seus produtos na Rua Nove de Julho. Foi realizado um chamamento público para selecionar os empreendedores para a comercialização de seus produtos.


Por isso, o vereador Rafael de Angeli encaminhou um requerimento pedindo informações detalhadas sobre os investimentos realizados na estrutura da passarela, incluindo os preços, a origem dos recursos e informações sobre o processo de reforma.


No documento, o parlamentar solicita ainda a confirmação de um processo licitatório para a execução da obra e, em caso positivo, pede uma cópia integral do processo.


Além disso, demanda uma cópia completa do processo de licitação para a compra dos quiosques, apresentação do embasamento técnico que justificou a implementação do projeto, quais critérios foram utilizados no processo de seleção para a entrega dos quiosques aos ambulantes e também uma lista com todos os empreendedores inscritos, indicando aqueles que foram selecionados e os que foram desclassificados.


Segundo o vereador, a Feira Popular tem sido motivo de muitas reclamações e questionamentos por parte dos araraquarenses desde seu início. "Para aqueles que passam pelo local há tantos anos, o insucesso da mesma era bastante evidente. É lamentável constatar que tantas preocupações e queixas estavam fundamentadas, pois estamos presenciando decisões mal tomadas que estão impactando cada vez mais a vida cotidiana de todos os cidadãos", conclui Angeli.


8/8/2023

bottom of page