Notícia

Redução de jornada de trabalho não está sendo cumprida, afirmam agentes operacionais

Vereador Rafael de Angeli protocolou requerimento pedindo esclarecimentos da Prefeitura.


Em novembro de 2019, foi publicada a Lei n° 9.800/2019, aprovada pela Câmara Municipal, que instituiu o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) da Prefeitura do Município de Araraquara. De acordo com o vereador Rafael de Angeli (PSDB), foram acertados, no projeto, a redução da jornada de trabalho dos Agentes Operacionais de Serviços Públicos para 30 horas semanais e o enquadramento salarial para a categoria. No entanto, no Requerimento nº 952/2020, o parlamentar relata que esta não é a realidade de todos os trabalhadores e pede esclarecimentos.


No texto, Angeli afirma que foi procurado por agentes operacionais, que relataram não ter havido qualquer redução da jornada de trabalho nem tampouco o enquadramento salarial, mesmo a lei entrando em vigor no dia 1º de fevereiro de 2020, conforme aponta o vereador. Sendo assim, o parlamentar solicita que sejam encaminhados, à Câmara Municipal, os motivos para a não redução da jornada e o prazo para o enquadramento salarial.


A Prefeitura tem o prazo inicial de 15 dias para responder aos questionamentos.


“Precisamos saber, de fato, o que está acontecendo, e também se a lei está sendo cumprida. A categoria relata que tem os vencimentos mais baixos do funcionalismo público e clama pela valorização”, conclui o vereador.


14/10/2020

2 comentários

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter