Notícia

Será que a CPFL também recebe multa por podas drásticas de árvores?

Questionamento foi levantado pelo vereador Rafael de Angeli.

Imagem meramente ilustrativa: Reprodução/Portal Morada

Após receber reclamações e indagações da população referentes a podas de árvores efetuadas pela Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), o vereador Rafael de Angeli (PSDB) encaminhou à Prefeitura o Requerimento nº 671/2020.


Os moradores enviaram fotos ao vereador mostrando as condições em que as árvores ficaram após as “podas em V” realizadas pela CPFL, deixando as copas aparentemente comprometidas.


“Em muitos casos, os moradores são autuados por práticas de podas drásticas. Em outras cidades, atendidas por outras concessionárias, são realizadas ‘podas em túnel’, direcionando o crescimento das árvores para cima da rede elétrica, até formar um túnel pelo meio da copa”, observa o parlamentar.

No documento, Angeli questiona se as podas realizadas pela CPFL possuem autorização, conforme exige a Lei Complementar nº 14, de 27 de novembro de 1996, que institui o Código de Arborização Urbana Pública do Município de Araraquara.

A respeito das “podas em V”, o vereador indaga se a CPFL tem conhecimento de que está danificando as árvores.


O parlamentar também busca saber se existe algum estudo da Diretoria Ambiental do Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae) com a CPFL, no sentido de optarem por algum método alternativo de poda, como o “em túnel”, por exemplo, a fim de acabar com essas podas drásticas.


“Questões ambientais precisam ser tratadas com empresas que prestam serviços relacionados a esta área. Munícipes são multados por realizarem podas consideradas drásticas, mas o que vem sendo feito pela CPFL é inadmissível”, explica e cobra Angeli.


23/07/2020

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter