Notícia

Trabalho da Incubadora de Empresas é conferido


Na 2ª Sessão Ordinária, no dia 24 de janeiro, foi aprovado o projeto do vereador Rafael de Angeli (PSDB) que inclui no Calendário Oficial de Eventos do Município a Semana de Incentivo ao Jovem Empreendedor, a ser celebrada anualmente na primeira semana de agosto. Para conhecer práticas que estimulam o empreendedorismo, o parlamentar foi acompanhar o trabalho realizado pela Incubadora de Empresas de Araraquara na tarde da última segunda-feira (13).


Segundo o coordenador executivo da Indústria e Tecnologia do município, Heber Pereira, a Incubadora recebe as empresas com possibilidade de crescimento e geração de renda e empregos. “Fazemos uma consultoria, oferecemos treinamentos e damos um feedback para a empresa”, explicou.


A Incubadora possui um perfil misto, aceitando qualquer tipo de projeto nos setores de comércio, serviço e indústria, conforme explicou o pesquisador sênior Ricardo Bonotto. “As empresas precisam ter um bom modelo de negócios. No Brasil, a cada dez empresas que abrem, sete fecham. A Incubadora se tornou um instrumento importante nessa época de crise, principalmente nos últimos dois anos.”


Atualmente a Incubadora tem capacidade para 13 empresas residentes, que ficam no espaço pelo prazo de até dois anos, podendo ser prorrogado por mais um. Além disso, são mais sete associadas, que não precisam se instalar no local. “Deixamos esse limite de 20 para podermos atender bem cada uma”, detalhou Bonotto, lembrando as parcerias com universidades, principalmente com a Unesp, e a Prefeitura, colocando a empresa em um networking.

Na reunião, foi destacada a importância de se criar uma cultura empreendedora.


“Muitas vezes, as pessoas procuram empreender quando precisam de uma oportunidade, quando são mandadas embora e recebem o FGTS. Temos uma cultura em que nascemos para sermos empregados, não empreendedores”, completou o pesquisador.


“A geração de empregos foi pauta da minha campanha, onde citamos as startups como sendo um dos modelos principais para o empreendedorismo. Tendo a oportunidade de hoje conhecer de perto o trabalho da Incubadora de Empresas de Araraquara, pudemos constatar a importância de incentivarmos o surgimento de novos negócios, que está profundamente atrelado à sua sobrevivência no mercado. Não tinha o conhecimento do real potencial da iniciativa de se incubar uma empresa e enxerguei diversos fenômenos que poderiam ser evitados se tivéssemos um trabalho de conscientização na área empreendedora”, afirmou Angeli.


Também participou do encontro o gerente administrativo Lucas Campanha.

Sobre a Incubadora

A Incubadora de Empresas de Araraquara está instalada na avenida Jorge Fernandes de Mattos, nº 311, no VIII Distrito Industrial de Araraquara, em uma área de cerca de 4 mil m².


É um programa de políticas públicas municipal  que  apoia a criação, o fortalecimento e o desenvolvimento de micro e pequenos empreendimentos, por meio da oferta de espaço físico, consultorias individuais e coletivas e programas específicos de capacitação. O objetivo do programa é criar ciclos virtuosos de crescimento para as micro e pequenas empresas do município, prospectando e fortalecendo o empreendedorismo local, aumentando a oferta de postos de trabalho e a melhoria de desempenho dos negócios assistidos.


O programa destina-se a micro e pequenos empreendedores, formalizados ou não. A única exigência é que se apresente uma boa ideia e que resida no município de Araraquara.


As empresas incubadas têm, à disposição, assessoria na elaboração dos planos de negócios, apoio na elaboração de solicitações para acesso às agências de fomento e investidores privados, capacitação em gestão empresarial, apoio jurídico empresarial, de propriedade intelectual e design, consultoria tecnológica de baixa complexidade, acesso a informações e serviços científicos e tecnológicos, infraestrutura de uso compartilhado (salas de apoio e reunião, showroom e biblioteca), participação em missões empresariais, visitas técnicas, feiras e rodadas de negócios e interação sistemática entre as empresas e as instituições de ensino e pesquisa.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter