Notícia

Três horas de espera e falta de internet prejudicam cadastramento de transporte escolar

Vereador Rafael de Angeli, atendendo a reclamações de munícipes, esteve no local para fiscalizar o serviço

Após receber diversas reclamações em seu gabinete, o vereador Rafael de Angeli (PSDB) esteve, na tarde de quarta-feira (5), no local em que a Prefeitura está realizando os cadastramentos de transporte escolar dos estudantes da rede pública municipal (infantil e fundamental) e da rede estadual (fundamental e médio), para averiguar o problema.


As denúncias eram, principalmente, referentes ao longo período de espera e à demora nos atendimentos. Ao chegar no local, o vereador se deparou com quatro salas de espera, onde a insatisfação era nítida. “Estou aqui desde o meio dia e já são quase três horas da tarde”, exclamou uma senhora, que prefere não se identificar. Outro senhor completa “eu mesmo estou usando uma senha de uma pessoa que precisou desistir pois teria que voltar ao trabalho”.

A fim de entender a situação e buscar soluções junto ao Executivo, Angeli conversou com o Gerente de Transporte Escolar, Suprimentos e Infraestrutura, Felipe Pierri, responsável pelo local.


“Sabemos do problema e já tomamos várias medidas para solucioná-lo, como, por exemplo, chamar mais dez estagiários (do Programa Menor Aprendiz) e pedir apoio também de servidores de outras áreas da Prefeitura”, relata Pierri. De acordo com o gerente, atualmente o serviço conta com 18 atendentes, sendo oito em período integral, e ainda esta semana devem aumentar o quadro para 23 servidores. “Por causa do convênio do município com o Estado, temos que verificar manualmente diversos dados do aluno, inclusive frequência, pois, caso haja alguma divergência, o Tribunal de Contas bloqueia o benefício. Além disso, o cadastramento está sendo realizado desde o dia 13 de janeiro, porém, a população infelizmente deixa para a ‘última hora’. Já estamos acostumados com esse movimento na primeira semana de aulas”.

O parlamentar diz que houve reclamações também sobre o sistema dos computadores e com a internet, quando dialogou com alguns servidores, e que isso é um fator importante que prejudica a agilidade no atendimento. “Durante nossa visita de fiscalização, infelizmente o sistema parou de funcionar e mais tempo se perdeu, deixando as pessoas ainda mais irritadas”, conta o vereador. O gerente explica que o problema aconteceu poucas vezes e que o técnico da internet já estava no local verificando a situação.


Para o vereador, o Executivo deve se modernizar e se preparar melhor para esse período de cadastramento do transporte escolar:

“Muitas pessoas perdem horas e até mesmo o dia de trabalho para ficarem esperando por muito tempo nestas filas para garantirem o transporte escolar para seus filhos. Isso é inaceitável. É necessário um sistema mais moderno e integrado, outras cidades já realizam esse cadastramento totalmente online, o que facilita muito para os servidores e, principalmente, para a população”.

Em resposta, Pierre diz que um novo sistema online já está sendo desenvolvido para ser implantado em breve. Angeli protocolou sugestões ao Executivo por meio da Indicação nº 550/2020.


Novo local de atendimento favorece a população


Em 2019, o procedimento era realizado na sede do Núcleo de Gestão de Suprimentos, Almoxarifado e Transporte (NGSAT), que fica junto ao Centro de Eventos de Araraquara e Região (Cear), o que dificultava muito o acesso e prejudicava a qualidade do atendimento. Após uma visita de fiscalização, em junho de 2019, Angeli conversou sobre uma possível mudança de local, em reunião periódica com a secretária municipal da Educação, Clélia Mara Santos. O pedido, para o ano letivo de 2020, foi atendido, em prol da comunidade.


Programa Municipal de Transporte Escolar

O cadastramento segue até o dia 31 de março e os estudantes devem comprovar a necessidade do benefício, ser provenientes da zona rural ou de local que dificulte o seu acesso à escola ou que a escola esteja localizada a mais de 2 km do local de residência em área urbana.


Para efetuar o cadastro no Programa Municipal de Transporte Escolar, o estudante e seu responsável legal deverão comparecer à Rua Padre Duarte, nº 3.492, Vila José Bonifácio, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Os telefones para obter mais informações são 3333-3969 e 3331-2382 (NGSAT).


Agendamento Online


Como nos anos anteriores, há o agendamento online, para que a população possa escolher o melhor dia e horário para realizar o recadastramento. No dia e hora marcada, é só comparecer até o local e confirmar presença. O agendamento online já está disponível e pode ser feito no site da Prefeitura. O link é o http://transporte.araraquara.educacaosimples.net

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook