Notícia

Vereador busca soluções para novos hidrômetros que triplicam contas de água

Rafael de Angeli pede esclarecimentos à Prefeitura

Nos últimos meses, muitos araraquarenses têm lutado com uma alta difícil de explicar em suas contas de água. O vilão da história, acredita-se, é um novo hidrômetro. “Fui procurado, em meu gabinete, por vários munícipes reclamando do valor da conta de água. Todos os relatos têm um fator comum: o aumento, muitas vezes de até três vezes no valor habitual, aconteceu após a troca do hidrômetro em suas residências”, conta o vereador Rafael de Angeli (PSDB), que está empenhado em ajudar a solucionar a questão. Até o momento, as respostas que esses moradores receberam do Departamento Autônomo de Água e Esgotos de Araraquara (Daae) foi a de que o novo valor está correto, e não o anterior. “O problema é que, segundo os moradores, os hidrômetros giram ininterruptamente, mesmo sem que haja vazamentos nas residências, o que nos leva a pensar que há algo errado com os aparelhos”, aponta Angeli.


O vereador encaminhou à Prefeitura um requerimento solicitando esclarecimentos do Daae. “Há várias perguntas que precisam ser respondidas. Todos os hidrômetros são aferidos pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia)? Existe a possibilidade de serem realizadas vistorias nessas residências para a verificação dos hidrômetros? O morador insatisfeito pode requerer a troca do equipamento?”, questiona. “Afinal, além de contribuinte, o munícipe é um consumidor de serviços e, como tal, tem uma legislação que o protege”, conclui.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter