Notícia

Vereador questiona Prefeitura sobre situação do Parque do Basalto


Em outubro de 2000, Araraquara e região ganharam um espaço para atividades turísticas e ecológicas: o Parque do Basalto, cuja concessão pertencia à Universidade de Araraquara (Uniara), localizado entre os bairros Jardim Pinheiros e Parque Residencial São Paulo, no leste da cidade. Com área de 65.000 m², o local possui valor científico, educativo e estético, tendo seus recursos naturais e culturais aproveitados para lazer e cultura, turismo e programas pedagógicos da Universidade. Em agosto deste ano, antes mesmo do término do contrato de concessão, a instituição devolveu a administração do parque à Prefeitura.


“Gostaria de me aprofundar na questão e entender o que será feito para a retomada das atividades e do funcionamento do Basalto. O local, que possui área de preservação ambiental, recebia visitas de escolas e de pessoas para a realização de ensaios fotográficos e piqueniques, e é um desperdício o parque permanecer inoperante” disse o vereador Rafael de Angeli (PSDB), que enviou ao Executivo um documento solicitando esclarecimentos sobre a situação. Segundo o parlamentar, há, por parte da população, uma preocupação quanto à segurança do Basalto e ao possível vandalismo em suas estruturas, bem como quanto a sua manutenção e preservação.


“A população merece uma resposta sobre as medidas que estão sendo tomadas para a reabertura do local e, de pronto, sobre a segurança, a fim de preservar o parque, que tanto acrescenta no lazer da cidade”, finalizou o parlamentar.  

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter