Notícia

Vereadores cobram providências da Prefeitura para evitar roubos no Cemitério

Mais de cem peças foram roubadas e sepulturas danificadas em três ações criminosas registradas em menos de quinze dias

A ação criminosa de bandidos, que invadiram o Cemitério São Bento, destruindo e roubando objetos de mais de 100 sepulturas, levaram os vereadores José Carlos Porsani e Rafael de Angeli (ambos do PSDB) a questionarem a Prefeitura de Araraquara, sobre as providências que estão sendo tomadas para evitar este tipo de ação, que, além de causar prejuízo, ainda deixa consternadas as famílias que tem seus túmulos violados.   Entre várias considerações, apresentadas na Sessão Ordinária de terça-feira (6), os vereadores levantam a possibilidade de que o muro no entorno do cemitério tenha sua altura aumentada e que ainda seja colocada a cerca concertina, como dispositivo adicional de segurança, para evitar invasões.

Na ação criminosa, ocorrida no dia 1º de novembro, peças, entre cruzes, placas e santos foram levadas e as sepulturas foram danificadas. E a situação fica mais grave, considerando que este é o terceiro caso de furto registrado em menos de quinze dias no cemitério. Semanalmente são registradas ocorrências semelhantes no mesmo local.

Tendo estes registros, Porsani e Rafael de Angeli pedem que a Prefeitura apresente as providências que serão tomadas imediatamente para evitar as invasões e os roubos. “As famílias utilizam de seus orçamentos, muitas vezes apertados, para colocar estas peças, várias de alto custo. Alguns levam fotos que a família nem possui mais para repor, por exemplo, que são levadas ou estragadas sem sentimento algum”, apontou Rafael de Angeli.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook