Notícia

Cerca de 900 pacientes utilizam transporte da Secretaria de Saúde para tratamento fora do município

Vereador Rafael de Angeli recebeu informações em resposta a requerimento reverberando reclamações dos munícipes sobre os serviços.

Imagem: Reprodução/ACidadeON Araraquara

Com a pandemia, o transporte de pacientes para tratamento em outros municípios caiu pela metade em Araraquara, passando de 1800 pessoas mensais, para 900. Esta informação foi encaminhada pela Secretaria Municipal de Saúde, em resposta ao Requerimento nº 293/2021, de autoria do vereador e primeiro secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Araraquara, Rafael de Angeli (PSDB).


O Executivo também esclareceu que a diminuição se deve ao cancelamento pelos próprios serviços onde os munícipes são atendidos e que muitos desses atendimentos estão sendo realizados por videoconferência.


A Secretaria afirmou que a distribuição é feita de acordo com a necessidade dos pacientes, respeitando as normas sanitárias e que a pasta possui: seis Vans com capacidade para 13 pessoas, sendo quatro delas com lugares adaptados para cadeirantes; uma van com capacidade para oito passageiros; duas ambulâncias com capacidade para transportar um paciente acamado com acompanhante e duas Spins com capacidade para sete lugares.


Ainda de acordo com o documento encaminhado, são transportadas 40 pessoas por dia, contando apenas dias úteis, já que nos finais de semana há pouca demanda, totalizando menos de 50% da capacidade diária dos veículos descritos.


Segundo Angeli, sua meta é continuar construindo pontes para melhorar a segurança sanitária do transporte durante a pandemia:


"Recebemos reclamações de munícipes a respeito da superlotação desses veículos em tempos de distanciamento social e do perigo constante de infecção pelo coronavírus. Levantamos esses questionamentos junto à Secretaria da Saúde para que sejam cuidados e solucionados", conclui o vereador.


03/06/2021