Notícia

Gatos e cachorros estão disponíveis para adoção na sede do Bem-estar animal

Vereador Rafael de Angeli visitou o local após questionar serviços de castração gratuita em Araraquara.


Recentemente, o vereador Rafael de Angeli (PSDB) esteve no gatil e no canil da Coordenadoria Executiva de Bem-estar Animal, no Parque Pinheirinho, onde esses animais, após serem chipados, castrados e vacinados, ficam disponíveis para adoção. O local abriga cerca de 550 animais e também realiza o resgate de cavalos que foram abandonados e estão em situação de maus-tratos.


A visita ocorreu após o parlamentar enviar à Prefeitura o Requerimento n° 128/2022, de sua autoria, questionando os serviços prestados na unidade destinada à esterilização cirúrgica e microchipagem para animais de pequeno porte, como cães e gatos.



Em resposta, o órgão informou que, por questões operacionais, o Castramóvel não se encontra em funcionamento, visto que requer veículo de tração para transportar o trailer e convidou Angeli para visitar a sede do Bem-Estar Animal.


O vereador foi ouvir as demandas da coordenadora executiva de Bem-Estar Animal, Carolina de Mattos Galvão, que explicou ao parlamentar que a atuação da Coordenadoria é limitada e que o serviço prestado pela instituição precisa ser integrado, contando muitas vezes com o apoio da polícia, uma vez que o animal vítima de maus-tratos não pode ser retirado à força de seu tutor. Ele foi acompanhado pelo representante do Conselho Municipal do Animal, Vinicius Motta, que defendeu a importância do diálogo entre a Câmara e a Coordenadoria.



Ainda de acordo com Carolina, o Conselho Municipal de Proteção e Defesa Animal aprovou a mudança de Castramóvel para ambulatório móvel em junho de 2021, porém a modificação depende de aprovação do Fundo Nacional da Saúde. "A estrutura do ambulatório está pronta para resolver problemas de baixa complexidade, mas faltam insumos. Existe a possibilidade de uma parceria com estudantes da Uniara para atenderem a demanda nos bairros de maior vulnerabilidade".


Angeli se diz satisfeito, mas ressalta que existem melhorias a ser feitas.


"O trabalho da Coordenadoria de Bem-Estar Animal é muito bom, porém a Prefeitura precisa dar mais atenção à estrutura do local, que atualmente abriga o setor e os servidores da pasta", finaliza.


Denúncias


As denúncias de maus-tratos e resgates devem ser realizadas no telefone da ouvidoria (3301-3130) no horário das 7h30 às 16h30(segunda a sexta-feira) ou pelo (16) 99993-8232, das 16h30 às 7h30, sábados, domingos e feriados.

Como adotar?


Para adotar um animal, é necessário ter 18 anos ou mais e apresentar RG, CPF e comprovante de residência na sede da Coordenadoria do Bem-Estar Animal, no Parque Pinheirinho.


Para adotar gatos, é necessário levar uma caixa para fazer o transporte do animal. Já para a adoção de cachorros, é preciso levar coleira e guia.


Mais informações pelo telefone (16) 3339-4441 ou confira a cartilha elaborada pela Coordenadoria.



12/8/22