Notícia

Oposição aprova requerimento para ampliar escopo da CEI da pandemia

Vereador Rafael de Angeli assinou requerimento para ampliar a Comissão Especial de Inquérito, que será realizada ao final da vacinação, e colocou fim às Fake News.


A oposição na Câmara Municipal de Araraquara conseguiu ampliar o escopo da Comissão Especial de Inquérito (CEI), solicitada no Requerimento 624/2021, que deve ser instalada em 60 dias na Casa de Leis para apurar possíveis ações ou omissões do governo Edinho Silva (PT) no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.


O Requerimento nº 640/2021 estabelece a investigação de todos os contratos e procedimentos firmados pelo Município de Araraquara e/ou as secretarias competentes no âmbito das ações de prevenção, combate, enfrentamento e mitigação dos efeitos da pandemia do coronavírus (Covid-19), inclusive quanto à análise dos valores utilizados em tais ações e suas fontes de recebimento. Além do vereador Rafael de Angeli (PSDB) e da bancada do Patriota, composta pelos vereadores Marchese da Rádio, Marcos Garrido e Carlão do Joia, também assinaram os vereadores Lucas Grecco (PSL), Lineu Carlos de Assis (Podemos) e Luna Meyer (PDT).


Ao longo da semana, as redes sociais ficaram movimentadas e houve acusações de que a CEI assinada pelo vereador Rafael de Angeli seria uma espécie de "chapa-branca", já que não estabelecia a investigação sobre os contratos.


Agora, com as mudanças feitas na CEI, fica claro que, na verdade, ocorreram propagações de Fake News, visto que tudo será investigado ao final da vacinação.


Angeli sempre deixou claro que não compactuava com a CEI que poderia, possivelmente, atrapalhar o andamento da imunização na cidade:


"Desde o início deixei claro que era contra o começo da CEI antes do fim da vacinação, contando que iríamos tirar o foco da secretaria da saúde, mas também que quando todos estivessem imunizados, seria favorável a uma investigação profunda. Por disputas políticas, sofri injustas acusações, onde chegaram a falar que eu havia pendido para o lado do governo. Agora fica claro que a única diferença entre as CEIs era o seu momento de início e não o conteúdo. Espero que os mentirosos das redes sociais se retratem agora", explicou e cobrou o parlamentar.

O vereador Aluísio Boi (MDB), em entrevista ao Portal Morada, também apontou que os vereadores do Patriota buscam pouco o diálogo. "No meu entendimento tem que apurar tudo. O que precisa um pouco [dos vereadores] do Patriota é conversar. Eles não conversam e não é assim o parlamento. O nosso único problema é não atrapalhar a vacinação", disse o presidente da Câmara.


Confira também:

- Notas e live do Vereador Rafael de Angeli falam sobre a Comissão Especial de Inquérito da pandemia



15/07/2021