top of page

Notícia

Ponte dos Machados tem previsão de entrega para o final de agosto

Vereador Rafael de Angeli fiscaliza obras que prejudicam a população há quase três anos.

Vereador Rafael de Angeli na Ponte dos Machados

Desde novembro de 2020, a ponte dos Machados está interditada para reformas e a obra tem sido alvo de constante fiscalização parlamentar. No dia 29 de maio, o vereador Rafael de Angeli protocolou o Requerimento nº 413/2023, questionando a Prefeitura sobre o andamento dos serviços.


Como resposta, o Executivo informou que, após problemas com ambas as empresas – primeira e segunda colocadas na licitação –, foi convocada a terceira construtora classificada, a qual formalizou o contrato e está executando o serviço.


De acordo com o documento, a empresa tem desempenhado os trabalhos "a contento, disponibilizando materiais e mão de obra com agilidade, evitando assim intercorrências que reduzam ou paralisem a execução dos serviços". Além disso, a Prefeitura informou que a previsão para a conclusão das obras é a segunda quinzena de agosto, conforme prazo estabelecido em contrato.

Motivos do atraso das obras da Ponte dos Machados


Em relação aos problemas que resultaram no atraso das obras, o Executivo explicou que, na segunda quinzena de agosto de 2021, durante a execução da etapa inicial, foi identificada a necessidade de realizar o desvio dos dutos da Cutrale, pois, pela proximidade com a rede, poderia ocorrer o rompimento daquela tubulação, "tornando temerária a execução das estacas com possíveis prejuízos ao meio ambiente e à indústria". Por isso, a Secretaria Municipal de Obras e Serviços realizou reunião presencial com a fábrica, a fim de averiguar a destinação da tubulação existente, bem como apresentar o projeto de execução da nova ponte.


Como resultado dos estudos, foi realizada a paralização da obra para a execução do desvio da tubulação, com prazo estimado de 90 dias, quando o Município efetuou a suspensão do contrato por 120 dias. Porém, a Cutrale antecipou a conclusão dos serviços, conforme protocolo de 20 de outubro de 2021.


Restava ainda a execução dos serviços da CPFL Paulista, realocação dos postes e rede de energia, os quais foram solicitados em agosto de 2021 e concluídos em outubro do mesmo ano. A Prefeitura informou também que, com a retomada das obras, foi providenciada a "Ocupação Temporária" em virtude de as tratativas com o particular "terem se mostrado lentas e ineficientes". Somente após a aplicação do poder de império foi possível a efetiva demolição da ponte.


Ainda segundo o documento, tal retomada se deu no período de chuvas, o que prejudicou o andamento das obras. Por diversas vezes, os serviços foram interrompidos por conta do volume da água, que chegou ao nível da pista. Ocorreu ainda um caso em que o operador da máquina que trabalhava no leito do rio precisou abandonar o equipamento por conta de uma cheia repentina ocasionada por chuvas na região.


"É fundamental que a Ponte dos Machados seja entregue no prazo estabelecido, sem nenhum novo atraso. Essa obra é de extrema importância para os moradores da região e para os motoristas que transitam diariamente pelo local. Contamos plenamente com o comprometimento da Prefeitura para garantir mais segurança e mobilidade à nossa comunidade", conclui Angeli.


27/7/2023

1 Comment


Cris Rossi
Cris Rossi
Aug 02, 2023

Esperamos que seja entregue no prazo estipulado, gratidão vereador Rafael pelos esclarecimento.

Like
bottom of page