Notícia

Prefeitura responde requerimento sobre alagamentos na Via Expressa

Vereador Rafael de Angeli havia solicitado informações mais precisas após resposta incompleta a questionamentos feitos no início do ano

Em janeiro deste ano, o vereador Rafael de Angeli (PSDB) enviou à Prefeitura o Requerimento nº 100/2020, cobrando a existência de vistorias técnicas e de planos para evitar a erosão no trecho da Avenida Maria Antônia Camargo de Oliveira (Via Expressa) próximo ao Terminal Rodoviário. “Na ocasião, a resposta da Prefeitura foi vaga, informando apenas a contratação de uma empresa em caráter emergencial para emitir um parecer sobre as condições da via, no valor de R$ 32 mil”, observa o parlamentar. “Não foi exatamente o que perguntei. Na resposta, não havia nenhum laudo técnico ou menção a qualquer ato concreto por parte do Executivo para prevenir novos alagamentos.”


Insatisfeito com as informações fornecidas, Angeli enviou ao Executivo uma nova solicitação, o Requerimento nº 370/2020, pedindo informações mais precisas sobre as condições estruturais de pontes e erosões no referido trecho da Via Expressa. A resposta aos questionamentos foi enviada pela Prefeitura por meio do Ofício nº 624/2020, assinado pelo prefeito Edinho Silva (PT) e pelo gerente de Obras Viárias e Drenagem, o engenheiro Daniel Palombo Siqueira.


De acordo com Siqueira, a periodicidade das vistorias é definida de acordo com os sinais apresentados pela estrutura local, quando esta dá sinais de alteração. Ele informa ainda que há laudos das pontes ao longo da Via Expressa, mas não para o trecho mencionado pelo vereador. Quanto à erosão que provocou a exposição das estruturas que sustentam as calçadas, o gerente informa que serão elaborados um orçamento e um projeto para o reparo do local degradado e que o trecho será reconstruído assim que o levantamento do quantitativo dos serviços for finalizado e que o orçamento e o projeto básico forem elaborados.


“Os cidadãos de Araraquara aguardam ansiosamente por esses reparos e por um cuidado ainda maior em diversos outros pontos que continuam alagando, nas fortes chuvas, a Via Expressa, antes que algo de ruim aconteça novamente. Continuaremos fiscalizando e cobrando”, conclui Angeli.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter