Notícia

Projeto cria Dia Municipal de Doação do Leite Humano

Para o vereador Rafael de Angeli, a doação é um gesto simples que pode salvar vidas

As diretrizes mundiais de saúde são inequívocas: o aleitamento materno é fundamental tanto para as mães quanto para os bebês, reduzindo a mortalidade neonatal, os riscos de hemorragia uterina e fortalecendo o vínculo afetivo entre mãe e filho. A importância da amamentação é lembrada internacionalmente no dia 19 de maio, o Dia Mundial de Doação de Leite Humano. Em breve, nossa cidade se engajará nas comemorações mundiais. Na última Sessão Ordinária da Câmara Municipal, realizada na terça-feira (21), foi aprovado por unanimidade o projeto de lei de autoria do vereador Rafael de Angeli (PSDB) que institui o Dia Municipal de

Doação do Leite Humano, a ser comemorado na data internacional.


O parlamentar explica que “a ideia é fomentar a doação de leite humano ao posto de coleta da Gota de Leite”. Angeli inspirou-se em uma matéria publicada no portal da Prefeitura no mês de fevereiro. “Ela informava que a necessidade de leite é grande, pois os estoques da cidade estão muito baixos”, recorda. No texto, a nutricionista Natalya de Souza Borges, da Gota de Leite, pontuava: “O leite materno é o alimento mais completo que existe para o bebê, por isso é importante para todos os recém-nascidos, principalmente para os que estão internados e não podem ser amamentados pela própria mãe”. Ela acrescentava que bebês que se alimentam de leite humano no período de privação da amamentação têm mais chances de se recuperarem e de terem uma vida mais saudável.


Angeli aponta que a doação “é um gesto simples, que pode ser realizado, potencialmente, por qualquer mulher que esteja amamentando, contanto que seja saudável e não tome nenhum medicamento que interfira na amamentação e na doação. De acordo com a nutricionista, um litro de leite humano pode alimentar até dez bebês internados por dia. Além disso, a mulher em fase de amamentação pode doar leite humano sempre que quiser, pois, quanto mais a mama é estimulada, mais leite ela será capaz de produzir”.

Como doar

O leite que chega ao Posto de Coleta de Leite Humano da Maternidade Gota de Leite é destinado às crianças da UTI Neonatal da Gota e do Hospital São Paulo. São priorizados os bebês prematuros e os que estão abaixo do peso e não sugam as mamas voluntariamente. O leite doado é analisado, pasteurizado e submetido a um rigoroso controle de qualidade no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto antes de ser ofertado a uma criança.


A primeira doação deve ser previamente agendada com a equipe do Posto de Coleta na Gota de Leite, localizada na Rua Carlos Gomes, 1.610, no Centro. O posto funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, com horários pré-agendados para triagem e doações. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3305-1530.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter