Notícia

Reformas são necessárias na Emef do Cruzeiro do Sul

Vereador Rafael de Angeli fiscalizou a unidade escolar


Uma das maiores escolas municipais de ensino fundamental de Araraquara, a Emef “Waldemar Saffiotti” recebe diariamente 850 alunos nos turnos da manhã, tarde e noite. O prédio que abriga a unidade de ensino foi fundado no bairro Jardim Cruzeiro do Sul há 19 anos e, devido à degradação do tempo, precisa de reformas. Quem pôde constatar o fato foi o vereador Rafael de Angeli (PSDB), que esteve na instituição na tarde de segunda-feira (27).

Em conversa com a diretora Aline Fernanda de Oliveira, o parlamentar também verificou que faltam agentes de limpeza. “Atualmente, nós contamos com quatro funcionários, porém como a escola é muito grande e todos os espaços são usados, precisamos de ao menos mais dois para que o trabalho seja realizado da forma adequada”, explica. Por causa do quadro reduzido, a limpeza da área externa fica a desejar. “As funcionárias não conseguem conciliar toda as demandas internas, que são muitas, com a varredura frequente da calçada e da rua.


Para piorar, a comunidade joga muito lixo na mata localizada atrás da escola, ocasionando a proliferação de moscas e outros bichos”, reitera a diretora. Angeli, que foi até o local verificar a sujeira, ficou preocupado com as consequências que o acúmulo de resíduos pode trazer à saúde dos alunos. “Apenas um alambrado separa as crianças desse material contaminado. Além disso, há a areia da área de recreação que, nessas circunstâncias e sem a troca adequada, pode facilitar a transmissão de doenças”.


A saída de um agente administrativo, devido ao Programa de Desligamento Voluntário (PDV) da Prefeitura, é mais um fator que contribui para reduzir o número de funcionários na unidade. Para solucionar os problemas, o parlamentar entrará em contato com a  Secretária da Educação e pedirá informações sobre a previsão de obras para a reforma, bem como para a contratação de novos agentes, mesmo a diretora tendo informado que todos os problemas já foram repassados à Secretaria.


Além disso, Angeli marcará reunião com o coordenador de Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro, para avaliar a possibilidade de tornar a Avenida Orlando Jayme Donato, no trecho entre as ruas Mario Barbugli e Decio Cassemiliano, mão única. De acordo com Aline, o intenso fluxo de carros na via de mão dupla é risco para os estudantes e atrapalha bastante o trânsito nos horários de entrada e saída da escola.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter