Notícia

Secretária de Educação confirma apoio à Escola do Legislativo na promoção do Parlamento Jovem

A Escola do Legislativo está preparando a quarta edição do Parlamento Jovem, programa de incentivo à cidadania no qual estudantes do ensino fundamental transformam-se em vereadores e realizam uma Sessão Ordinária, orientados pelos vereadores e servidores da Câmara Municipal. A fim de obter o apoio da Secretaria da Educação no engajamento das escolas municipais para a edição de 2017, o presidente da Escola do Legislativo, Rafael de Angeli (PSDB), reuniu-se na terça-feira (17) com a secretária da Educação, Clélia Mara Santos, acompanhado da coordenadora acadêmica Bruna Cardoso Brasil de Souza e da coordenadora executiva substituta Alícia Gimenez, ambas da Escola do Legislativo.

“A reunião foi muito produtiva. A secretária mostrou-se imensamente disponível, não apenas em relação ao Parlamento Jovem, mas também quanto a projetos conjuntos de educação e cidadania de um modo geral”, comemorou Angeli. “Seu apoio será determinante para que o projeto chegue até as escolas municipais.”


O Parlamento Jovem tem entre seus objetivos ampliar a cidadania, criar uma consciência política nos futuros eleitores e estimular o desenvolvimento de novas lideranças, além de mudar paradigmas e preconceitos da sociedade. Ao todo, 36 estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental participam de uma Sessão Ordinária de fato, seguindo todos os trâmites corriqueiros. As indicações e os requerimentos apresentados durante a Sessão são encaminhados para a Prefeitura, e as escolas recebem as respostas oficiais. Há também a possibilidade de um vereador adotar um projeto de lei e apresentá-lo em Plenário. Como preparação, os estudantes participam de um curso de poder legislativo e de uma oficina de proposituras nas próprias escolas, além de duas pré-vivências da Sessão Ordinária, nas quais têm a oportunidade de conhecer os vereadores oficiais e as dependências da Câmara Municipal


Clélia destacou a importância da soma de esforços entre os Poderes para incentivar iniciativas ligadas à educação. “Contem conosco”, declarou categoricamente. “Dialogar sobre o exercício da cidadania é sempre bom, sobretudo em um momento em que as instituições estão tão desacreditadas”, concluiu.


O encontro ocorreu na sede da Secretaria de Educação. Participaram da reunião a gestora de projetos Maria Eleuza Nascimento, o coordenador executivo de Educação Básica, Alexandre Luiz Martins de Freitas, e a diretora de departamento Maria do Carmo Boschiero.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter