Notícia

Serviços de poda de árvores estão parados desde junho de 2021

Vereador Rafael de Angeli esteve na Secretaria de Meio Ambiente para cobrar o andamento de demandas.


Com contrato do Departamento Autônomo de Água e Esgotos (Daae) vencido desde junho de 2021, os serviços de poda de árvores na cidade foram interrompidos. Houve pedido de prorrogação, mas sem verba suficiente por parte do Município, a empresa não renovou. Uma nova licitação foi iniciada, que ainda segue seus trâmites legais.


Essa foi uma das explicações ouvidas pelo vereador Rafael de Angeli (PSDB) durante reunião com o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Carlos Porsani. O parlamentar aproveitou para saber sobre o andamento de diversas demandas encaminhadas à pasta, como por exemplo, as indicações nº 3533/2021, 4823/2021 e 631/2022, que tratam de vistorias e podas em árvores de diversas regiões da cidade.


Angeli espera que a Secretaria se estabeleça rapidamente, pois a demanda da população é grande.


"As solicitações que recebemos, relacionadas ao meio ambiente em Araraquara, são inúmeras e diárias. Estamos cobrando soluções", explica.

Tomógrafo


O secretário enfatizou a necessidade de um tomógrafo para melhor avaliação da situação das árvores. O aparelho custa cerca de R$ 380 mil e poderia se conseguido por meio de emendas parlamentares. Atualmente, as empresas que realizam esse serviço cobram R$ 600 por árvore avaliada. "Se for feito esse serviço em todas as árvores, ao longo de um ano se paga um tomógrafo", detalhou.


Praças


Porsani lembrou que Araraquara conta com 128 praças e falou da importância de divulgação do programa "Adote o Verde", quando empresas adotam praças do município para realizarem os devidos cuidados.



23/5/22