Notícia

Vereador confere trabalho do Orfanato Renascer


O vereador Rafael de Angeli (PSDB) visitou, na quinta-feira (12), o Orfanato Renascer, localizado no bairro Jardim Água Branca, que tem por finalidade atender crianças e adolescentes de 0 a 18 anos, de ambos os sexos, em regime de abrigo, os quais sofreram violação de direitos.


O parlamentar foi recebido pelo presidente do lar, Ricardo Capparelli, que apresentou as instalações do prédio. O orfanato tem, como forma de trabalho, o sistema de “casas-lares/aldeia”, com suas respectivas mães sociais. “Aqui moram 26 crianças, onde são separadas por idade nas casas, e em cada uma tem a mãe social. O objetivo de ter a mãe social é proporcionar, às crianças e aos adolescentes, um ambiente acolhedor, reproduzindo noções de família, direitos e deveres”, explicou Capparelli.


O lar conta com uma equipe de 28 funcionários para oferecer um atendimento diferenciado e personalizado: mães sociais, coordenadora geral, psicóloga, assistente social, auxiliar social, recepcionista, auxiliar de limpeza, cozinheira, caseiro, motorista e telemarketing. Segundo Capparelli, o orfanato tem um gasto médio diário de R$ 2 mil. Para ajudar na manutenção financeira, o salão de festas do local é alugado, a entidade realiza eventos no prédio para arrecadação de fundos e o telemarketing também capitaliza recursos através de doações.


Angeli ficou encantado com a organização, com a estrutura e com todo o trabalho que é realizado com as crianças e adolescentes no local. “O trabalho realizado no Orfanato deveria servir de exemplo para outras instituições, pois preza pelo cuidado e pelo total comprometimento com cada assistido”, disse. As crianças, quando acolhidas, são imediatamente encaminhadas para avaliação de saúde e para realização de exames de rotina.


As crianças têm acompanhamento psicológico e, em alguns casos, os bebês frequentam o Centro de Diagnóstico e Intervenção Precoce (CDIP) para acompanhamento multidisciplinar, em função de serem prematuros e de gestação permeada por drogas e/ou álcool. “Este projeto tem obtido ótimos resultados, pois as crianças e os adolescentes são acolhidos devidamente, proporcionando mais atenção e carinho”, finaliza Capparelli.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter