Notícia

Vereador discute com supervisora de ensino projetos contra vandalismo

Rafael de Angeli apresentou à Diretoria Regional de Ensino dificuldades operacionais apontadas pela equipe do Cras São Rafael

Prosseguem os trabalhos para solucionar os problemas de vandalismo que têm ocorrido na Escola Estadual “Miryan Leopoldina Caramuru de Castro Monteiro”, no Jardim São Rafael. Na quinta-feira (28), o vereador Rafael de Angeli (PSDB) reuniu-se com a supervisora Suzana Auxiliadora Roso Mesquita na Diretoria Regional de Ensino para avançar nas discussões. A escola tem pouco mais de um ano de funcionamento e cerca de 600 alunos dos ensinos fundamental e médio. No início do ano, foram registrados diversos episódios de furtos à fiação elétrica e depredação de carteiras e vidraças. A via escolhida para a solução do problema foi a da valorização da escola pela comunidade local, por meio de rodas de conversas com pais de alunos e oficinas culturais para os estudantes. Estão envolvidos no projeto a Prefeitura Municipal de Araraquara - através de suas secretarias -, a Diretoria Regional de Ensino, a própria escola e o parlamentar, que tem intermediado a comunicação entre as entidades. Na semana passada, ele se reuniu com os professores das oficinas culturais para se atualizar sobre o andamento das aulas. (Veja a notícia no link: http://www.camara-arq.sp.gov.br/site/index.php/rafael-de-angeli-discute-situacao-de-oficinas-culturais/) Já durante esta última reunião, o vereador levou ao conhecimento da supervisora os problemas operacionais que a equipe do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) São Rafael tem encontrado na implantação da parte do projeto referente aos encontros periódicos com os pais dos alunos. “É importante que todos estejamos alinhados, conscientes dos problemas a serem resolvidos. Se todos ‘falarmos a mesma língua’, com os mesmos objetivos em mente, será mais fácil encontrar os melhores caminhos para implantar o projeto”, observa Angeli. Suzana se comprometeu a averiguar, com a diretoria da escola, todas as questões levantadas pela equipe do Cras. O passo seguinte será uma reunião com a diretoria da escola e com todos os envolvidos. “A questão é complexa, por isso são necessários muitos encontros entre as partes interessadas. Mas estou determinado a não deixar que os obstáculos impeçam a realização deste projeto, que é de extrema relevância para o bairro”, conclui o parlamentar.


   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter