Notícia

Vereador reage à grave situação dos combustíveis no país e apresenta Moção de Repúdio


O vereador Rafael de Angeli (PSDB) apresentou Moção de Repúdio, na Sessão Ordinária de terça-feira (29), para ser encaminhada ao presidente da República, Michel Temer (MDB), e ao ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, “mediante à incompetência e à inoperância por parte do Governo Federal em providenciar medidas justas na regulamentação dos combustíveis, os quais, inexplicavelmente, sofreram uma exorbitante alta nos preços, prejudicando as famílias brasileiras”, lê-se no documento. No ofício, Angeli continua considerando os diversos aspectos que envolvem o assunto, como a alta nos preços dos combustíveis e que essa elevação fez com que os caminhoneiros realizassem paralisações em todo o país; aponta ainda que em outros países, abastecidos com o combustível brasileiro, por meio de exportação, apresentam valores muito menores nas suas bombas de abastecimento; o impacto que os valores causam nas famílias e nas empresas; e a situação inusitada de parcelamento do abastecimento em cartões de crédito, o que deve causar endividamento do cidadão.

Deu polícia

O documento elenca ainda outros problemas da política em torno dos combustíveis, considerando também a existência comprovada de cartéis que influenciam diretamente na decisão das agências regulamentadoras; as várias operações policiais deflagradas contra os cartéis de combustíveis, com mais de 500 prisões em todo o território nacional; as economias sendo afetadas em diversos aspectos em todos os setores da economia; e, principalmente, a incompetência do Governo Federal em tomar as medidas necessárias para combater a corrupção endêmica e sistêmica em nossa nação. O documento será encaminhado às autoridades elencadas no ofício.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter