Notícia

Vereador sugere uso do WhatsApp para denunciar ‘sujões’ de terrenos


Com objetivo de fechar o cerco contra os ‘sujões’ de terrenos em Araraquara, bem como contribuir com a participação popular e maior transparência no trabalho realizado pela administração municipal na limpeza dos mesmos, o vereador Rafael de Angeli (PSDB) sugeriu para a Prefeitura a adoção do aplicativo WhatsApp para receber denúncias de terrenos sujos, malcuidados e irregulares. O parlamentar justifica a proposta pelo grande número de solicitações que recebe em seu gabinete sobre o tema, que causa transtorno aos moradores.


Batizado como “Consciência Limpa”, o aplicativo permite que o cidadão denuncie as irregularidades e contribua diretamente com a diminuição de queimadas, trazendo melhorias para a limpeza pública e até conscientizando a população sobre a importância de participar da construção de uma cidade mais humana e digna, livre de terrenos sem cuidados. “Quando avaliamos este cenário, somos obrigados a rever nossos critérios na elaboração de políticas públicas, optando por ideias e métodos inovadores que viabilizam a execução do serviço e dão maior eficiência. Foi pensando nisso que indicamos o disque-denúncia via WhatsApp voltado exclusivamente para terrenos que estejam sujos, malcuidados, irregulares, ou os que são queimados por puro prazer, virando caso de Saúde Pública”, explicou.


O parlamentar também acredita que a iniciativa pode auxiliar na conscientização da população sobre a importância de ter espaços higienicamente compatíveis com a vida urbana, descartando os resíduos em lugares próprios, sem multa ou retaliação. “Grande parte dos moradores é mal informada sobre as consequências do descuido com seus terrenos, como mato alto ou acúmulo de lixo, causando a proliferação de ratos e insetos peçonhentos que colocam em risco os munícipes, que se tornam vítimas de seus próprios descuidos. Terrenos abandonados também podem resultar em assaltos, descartes clandestinos e ocultação de drogas, armas e objetos roubados”, afirmou Angeli.


A indicação prevê ainda utilizar campanhas digitais, o trabalho realizado pelo programa Prefeitura nos Bairros, cartazes e capacitação de agentes comunitários de saúde, bem como outros tipos de campanhas que possam ser realizadas pelo Executivo.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter