Notícia

Vereadores conferem programa de saúde da família no Jardim Brasil


A “Bancada Jovem” da Câmara Municipal – como foi informalmente batizado o grupo formado pelos vereadores Thainara Faria (PT), Rafael de Angeli (PSDB) e Roger Mendes (PP) – propôs-se a conhecer todos os locais públicos da cidade, a fim de fazer um raio-X do atendimento nas mais variadas áreas, fiscalizar e propor projetos que atendam às reais demandas da população. Como parte dessas visitas, os vereadores Rafael de Angeli (PSDB) e Roger Mendes (PP) estiveram, na quarta-feira (8), na unidade de Estratégia de Saúde Familiar (ESF) “Dr. Syrthes de Lorenzo”, no Jardim Brasil.


A unidade fica aberta o dia todo, e conta, diariamente, com médicos especializados em saúde da família, dentistas, auxiliares, enfermeiros, agentes comunitários de saúde, médicos residentes e alunos dos cursos de Medicina e Psicologia da Uniara. Além disso, uma vez por semana, psicólogos e nutricionistas do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) orientam a população sobre as mais variadas questões. “O quadro de funcionários é menor do que estamos habituados a encontrar em outras unidades de saúde, mas essa é uma característica da saúde da família”, esclarece a enfermeira Lígia Helena de Oliveira, acrescentando que a equipe é suficiente para atender satisfatoriamente as cinco microáreas (cada uma com, no máximo, 200 famílias e/ou 750 pessoas) sob responsabilidade do posto.


Ela destaca o compromisso da equipe – “apaixonada pela atenção básica”, em suas palavras – para com a proposta de trabalho. “Todos os dias, há profissionais visitando as casas e acompanhando pessoalmente as famílias atendidas. Todos os funcionários aqui da unidade, sem exceção, são treinados e capacitados para o acolhimento das famílias”, explica Lígia, que acrescenta: “Quando um só médico atende um núcleo familiar, é mais fácil gerir a saúde de todos os seus membros, porque a informação não se fragmenta. O resultado é melhor, porque o vínculo é melhor”.


Uma característica marcante no bairro é a grande presença de idosos. Por isso, as principais áreas de atuação da ESF são prevenção de acidentes em casa, diabetes, dor, qualidade de vida e outras questões específicas relacionadas a essa população. A atenção à primeira infância é outro ponto forte da unidade, principalmente no tocante ao aleitamento materno e ao acompanhamento de gestantes. A população também pode participar de programas antitabagismo, de promoção de saúde, prevenção de doenças, vacinação e atividades físicas. No momento, não há uma farmácia local disponível (a farmácia de todas as unidades de saúde da família está centralizada no Vale do Sol), “porém a Prefeitura já sinalizou a intenção de reorganizar as farmácias locais”, informa Lígia.


Os vereadores ficaram satisfeitos com a visita. “O que mais me chamou a atenção foi o atendimento realizado em domicílio. É um diferencial que deveria ser ampliado para mais unidades de saúde. Sabemos que é difícil, mas creio que, se houver mais profissionais e uma abertura do poder público, isso é possível. A dedicação e o profissionalismo que vimos hoje nesta unidade mostram que essa forma de trabalho é viável”, observa Angeli. “As minhas impressões foram as melhores”, avalia Mendes. “Queríamos ouvir os funcionários a respeito da estrutura e do funcionamento, e pudemos constatar que as coisas estão caminhando bem. Seria interessante que o programa de controle do tabagismo, que hoje está concentrado nesta unidade, fosse ampliado para outras, pois é uma demanda enorme. Na minha opinião, pensar em saúde pública é pensar na prevenção, que proporciona mais qualidade de vida para os munícipes e gera economia para os cofres públicos”, conclui o parlamentar.

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter