Notícia

Vereadores fiscalizarão local que será reformado antes de votação para liberação de recursos

Reunião para avaliar novos projetos apresentados na Câmara Municipal ocorreu na manhã da sexta-feira


Os projetos apresentados na Câmara Municipal para debate e votação começaram a ser analisados pelos vereadores em reunião na manhã desta sexta-feira (28).


Os parlamentares analisaram, entre outros, um projeto que pede autorização da Câmara para abertura de crédito de R$ 40 mil para aquisição de materiais necessários para a Reforma do Pavilhão anexo ao Museu Ferroviário. Este local será vistoriado pelos vereadores antes de o projeto ir para votação no Plenário, pois a Prefeitura justifica que o espaço está em “estado lastimável” e que a estrutura corre risco de desabamento.

A reforma, segundo ofício que acompanha o projeto, será para manutenção do imóvel, que será utilizado pelas escolas de samba da cidade para a realização de oficinas de Carnaval, podendo gerar inclusive emprego e renda para os participantes.


A fiscalização dos vereadores envolverá quatro Comissões Permanentes e provavelmente fará com que o projeto não tenha condições de ser votado já na próxima Sessão Ordinária, na terça-feira, dia 1º de agosto, ficando para a sessão seguinte.

Novas reuniões ocorrerão novamente na segunda-feira e na terça-feira para análise de diversas condições dos projetos, entre elas as condições técnicas e jurídicas de aplicação.


Participaram da reunião da manhã os vereadores Jéferson Yashuda Farmacêutico (PSDB) - presidente, Tenente Santana (PMDB) - vice-presidente, Edson Hel (PPS) - secretário da Mesa Diretora, José Carlos Porsani (PSDB), Cabo Magal Verri (PMDB), Zé Luiz (PPS), Roger Mendes (PP), Rafael de Angeli (PSDB), Thainara Faria (PT), Lucas Grecco (PSB), Paulo Landim (PT), Juliana Damus (PP), Pastor Raimundo Bezerra (PRB) e Gerson da Farmácia (PMDB).

   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter