top of page

Notícia

Educação esclarece sobre micro-ônibus que não estariam sendo utilizados no NGSAT

Informações foram fornecidas após fiscalização do vereador Rafael de Angeli.


Em visita ao Núcleo de Gestão de Suprimentos, Almoxarifado e Transporte (NGSAT), repartição pública pertencente à Secretaria Municipal de Educação, localizado no Centro de Eventos de Araraquara e Região (Cear), barracão "Isabel Cristina Medeiros", no final de setembro, o primeiro secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal, vereador Rafael de Angeli (PSDB), observou, no local, cinco micro-ônibus aparentemente sem utilização. Por isso, o parlamentar solicitou, em requerimento à Prefeitura, informações referentes a esses veículos no NGSAT.


No documento, Angeli questionou por qual motivo os micro-ônibus estariam parados no NGSAT; qual a previsão para que esses veículos voltassem a ser utilizados; quando e de qual forma esses micro-ônibus foram adquiridos; e para qual finalidade são utilizados.


"É inadmissível ver veículos e outros materiais de propriedade pública parados e sem serem utilizados em prol da população. Queremos explicações e soluções urgentes", explicou o vereador.

Em resposta, a secretária municipal de Educação, Clélia Mara dos Santos, informou que alguns desses micro-ônibus estão aguardando manutenções e outros são veículos extras que estão como reserva para, caso ocorra algum incidente, possa ser feita a substituição sem que atrapalhe os atendimentos. "As manutenções são realizadas com frequência, porém o prazo para que elas ocorram depende de diversos fatores. Muitas vezes estão aguardando alguma peça chegar ou então aguardando 'espaço' na agenda das oficinas. Então, até que a situação seja resolvida e para que não ocorra nenhum dano ao patrimônio, os veículos aguardam na garagem do NGSAT", relatou.


Segundo Clélia, alguns desses micro-ônibus foram adquiridos com recursos próprios e outros em convênio com o Estado. "Os veículos que se encontram na garagem da Educação são utilizados para o transporte dos servidores das escolas do campo e, eventualmente, em saídas extracurriculares para os estudantes da Rede Municipal".


A secretária detalha que, para o transporte dos servidores do Assentamento Monte Alegre, são destinados dois veículos (prefixos 895 e 861); para o Assentamento Bela Vista, é destinado um veículo (prefixo 795); e mais dois veículos destinados aos servidores de Bueno de Andrada (prefixos 937 e 979). "Caso ocorra algum imprevisto com os veículos, temos os seguintes prefixos de reserva: 895, 791 e 660", finaliza.


"Continuaremos a verificar e a fiscalizar a utilização e a manutenção desses veículos. É de grande importância que eles sejam mais utilizados pelos estudantes da Rede Municipal, quando solicitados pela direção das unidades", pontua Angeli.


13/12/22

Comments


bottom of page