top of page

Notícia

Fiscalização revela falhas na Unidade de Retaguarda do Melhado: vereador exige ação da Prefeitura

Inaugurada em 2022, unidade ainda não oferece exames de Endoscopia e Colonoscopia e conforto aos pacientes, constata vereador Rafael de Angeli.

Vereador no hospital

Inaugurada em maio de 2022, a Unidade de Retaguarda às Urgências e Diagnóstico "Doutor José Roberto Poletti", antigo Pronto-Socorro do Melhado, recebeu recentemente mais uma visita de fiscalização do vereador Rafael de Angeli, que há um ano esteve no local e constatou a existência de uma área (ala C), composta por três grandes salas, com 11 leitos desativados.


Naquela ocasião, a Secretaria Municipal da Saúde foi questionada sobre a situação e informou que, no projeto original, o espaço abrigaria as instalações do Serviço de Endoscopia e Colonoscopia. No documento, também havia sido anunciado que os leitos em atividade seriam contemplados com televisores para uso dos pacientes durante o período de internação.


Quando retornou à unidade no início de abril, o parlamentar verificou que o espaço permanecia inativo e que os aparelhos de TV ainda não haviam sido providenciados até aquele momento. Isso motivou o envio de outro requerimento à Prefeitura, pedindo mais uma vez informações sobre o espaço que não está em funcionamento.


Hospital

Angeli também pergunta sobre a existência de questões que estejam dificultando a utilização dos salões vazios, previsão de início dos exames de endoscopia e colonoscopia, e se há alguma estimativa de aquisição das TVs prometidas anteriormente.


Segundo relatos da funcionária que acompanhou o vereador durante a vistoria, o tempo médio de permanência dos pacientes no local tem sido de oito dias, podendo ser estendido até mesmo por semanas nos casos de idosos, o que justificaria a importância dos televisores para o setor de internação.


A servidora ainda mostrou que o serviço de radiologia, que se encontrava em montagem durante a visita de 2023, foi concluído e já atende às demandas das pessoas hospitalizadas e dos municípios integrantes do Departamento Regional de Saúde III (DRS), do qual Araraquara faz parte. O local também realiza exames de tomografia, ultrassonografia, ecocardiografia e procedimentos ambulatoriais de vasectomia.


Vereador no hospital

A estrutura possui, aproximadamente, 2,4 mil m² de área construída e conta atualmente com 20 leitos individuais para internação, com banheiros privativos, divididos em duas alas (A e B). Outros três leitos estão disponíveis para uso dos pacientes que necessitem de recursos de estabilização.


"Quase dois anos após a inauguração da Unidade de Retaguarda do Melhado, ainda não está havendo a oferta dos serviços de Endoscopia e Colonoscopia, essenciais para o diagnóstico e tratamento de doenças. As instalações continuam inativas enquanto os pacientes aguardam por esses exames fundamentais. Os televisores prometidos para os leitos também não foram providenciados, privando os pacientes de um mínimo de conforto durante o período de internação. É nosso dever garantir que a estrutura de saúde ofereça os serviços necessários à população", salienta o vereador Rafael de Angeli.



9/5/2024

1 comentário

1 Comment


Cris Rossi
Cris Rossi
May 24

Lamentável vereador!

Like
bottom of page