top of page

Notícia

População reclama de demora em atendimento na Farmácia Central

Vereador Rafael de Angeli pede explicações à Prefeitura.


No Requerimento nº 1.214/2021, o vereador Rafael de Angeli (PSDB), primeiro secretário da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Araraquara, solicita à Prefeitura informações referentes à Farmácia Central "Doutora Clara Pechmann Mendonça", localizada na Rua Gonçalves Dias, no Centro.


A criação do local, em 2018, teve como objetivo facilitar o acesso da população aos medicamentos da rede pública e a entrega de fraldas geriátricas, porém o serviço da farmácia tem sido alvo de reclamações.


De acordo com o parlamentar, em seu gabinete, algumas pessoas relataram que esperaram horas para serem atendidos. A explicação para o elevado tempo de espera é que a farmácia conta apenas com três funcionários. Angeli afirma ainda que a retirada dos medicamentos também tem sido motivo de problemas.

"Já ouvimos reclamação de que, se a dosagem disponível não for exatamente igual à prescrita na receita, o paciente não retira o remédio", pontuou o vereador.

Diante de tais acontecimentos, o parlamentar questiona o Executivo sobre o quadro de servidores que prestam serviço na Farmácia Central e pergunta se existe a possibilidade de transferir o ponto de entrega de fraldas geriátricas para as Unidades de Saúde dos bairros, com o intuito de amenizar a sobrecarga de demandas na farmácia.


Ele ainda averigua a possibilidade de serem anexados, em local visível, os nomes dos medicamentos que estão em falta, de modo a evitar que a população enfrente filas sem necessidade. Por fim, pergunta se é possível a entrega de medicamentos com dosagens diferentes, mas proporcionais às prescritas em receitas.

"Por exemplo, se o paciente necessita de um medicamento de 60 mg, e só existem disponíveis caixas de 30 mg, ele deveria poder levar duas delas", concluiu Angeli.


18/1/22

bottom of page