Notícia

Vereador participa de reunião do Conselho de Proteção Animal e sugere campanha de solidariedade

Ações devem envolver alunos das escolas municipais e seguir o mesmo modelo da campanha “Transformação Solidária” que tem obtido ótimos resultados

O vereador Rafael de Angeli (PSDB) participou na quarta-feira (7) da reunião mensal do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais, que foi instituído pela Lei Municipal nº 8.959, de 4 de maio de 2017, e é um órgão normativo e consultivo de assessoramento do gabinete do prefeito, que tem como finalidade assessorar o poder Executivo na formulação de políticas públicas de proteção e defesa dos animais, além de protegê-los e defendê-los contra maus tratos, sacrifício, extermínio, vivissecção, abandono, exploração e outros tipos de ofensa à integridade. Os membros possuem mandato de dois anos e não recebem qualquer tipo de pagamento pela função. Na reunião, foram discutidos assuntos como a votação para novos membros da mesa do conselho e também sobre a opção de alimentação vegana e vegetariana na merenda das escolas municipais. Segundo representante da Secretaria de Educação, existe a possibilidade de merenda vegetariana nas escolas do município, sendo necessário apenas que os pais comuniquem a escola devidamente. Alunos com restrições alimentares e alergias também já possuem alimentação individualizada e personalizada. “Duas crianças já estão sendo atendidas e têm a opção de vegetarianismo vigente, merenda sem derivados animais”, disse Márcia. Ainda sobre o assunto, Marcelo Mazeta, da Coordenadoria de Segurança Alimentar do município, cita que o referencial para as refeições nas escolas é o Guia da Alimentação Brasileira, e que a cidade também está dentro de todas as diretrizes do Plano Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). "O assunto é complexo e minucioso, mas o envolvimento com o Conselho de Proteção Animal é importantíssimo para ampliar o assunto à população, para que cada um possa escolher de fato a sua alimentação pessoal", completou. Já em uma nova pauta, Angeli propõe uma campanha de arrecadação de ração para ajudar todas as ONGs de acolhimento de animais abandonados da cidade. A proposta é iniciar uma parceria entre Prefeitura, Câmara e o conselho, aos moldes da campanha “Transformação Solidária”, que tem gerado ótimos resultados. Todos do conselho acolheram muito bem a ideia, apenas fizeram algumas observações em relação de como seria realizado o cadastro das ONGs beneficiadas pela campanha e também sobre a questão da qualidade da ração doada pelas pessoas. Colocaram como ideia realizar a arrecadação de algum material reciclável que pudesse gerar renda, que seria revertida então na compra de uma boa ração para os animais. Para o parlamentar, a ideia precisa ser amadurecida. “Todos esses apontamentos são de extrema importância e devem ser discutidos em próximas reuniões a serem realizadas com os líderes das ONGs e membros do conselho”, concluiu.


   2020 © Rafael de Angeli. Todos os direitos reservados.

  • Instagram
  • Facebook