Notícia

Divulgada pela Prefeitura, obra vencedora do OP no Maria Luiza e não integra cronograma oficial

Vereador Rafael de Angeli protocolou requerimento em que pede explicações.


Em junho de 2018, foi publicada, no site oficial da Prefeitura, notícia com o seguinte título: "Pavimentação no Maria Luiza e no Cidade Jardim vence plenária do OP". No entanto, o primeiro secretário da Câmara Municipal de Araraquara, vereador Rafael de Angeli (PSDB), foi informado que alguns dos trechos, listados na matéria como contemplados pelo serviço, não constam no cronograma oficial da Prefeitura. No dia 18 de agosto, o parlamentar protocolou o Requerimento nº 769/2021, cobrando explicações do Poder Executivo.


O texto, divulgado pela Prefeitura, informa que a plenária reuniu 229 moradores das sub-regiões do Maria Luiza e do Vale do Sol, sendo a pavimentação a obra vencedora, com 165 votos. "A demanda eleita, que será contemplada no Orçamento de 2019, inclui o asfaltamento da Rua Carmino Brambilla (ligação entre Maria Luiza e Cidade Jardim), de algumas ruas do próprio Cidade Jardim e, também, da estrada de terra que liga o Maria Luiza diretamente ao Vale do Sol", dizia o texto na época.


Mas, na prática, a realidade é outra:


"Recentemente estivemos em agenda no bairro Maria Luiza, com moradores e com o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, que informou que o trecho de terra que liga o Maria Luiza diretamente ao Vale do Sol não faz parte da obra vencedora do OP", afirma Angeli.

No requerimento, o vereador questiona quais, de fato, são as vias contempladas na obra de pavimentação vencedora do Orçamento Participativo de 2018 dos bairros Maria Luiza e Cidade Jardim e quais delas já receberam pavimentação asfáltica. Angeli também pergunta se existem planos para pavimentação da continuação da Avenida Orlando Schitini e, caso positivo, quais seriam os prazos. A Prefeitura tem o prazo inicial de 15 dias para responder aos questionamentos, prorrogável por até 55 dias.



13/9/2021