Notícia

Motoristas não respeitam faixa de parada exclusiva para motos

Para o vereador Rafael de Angeli, é preciso investir em campanhas educativas de trânsito para conscientizar a população.


Em junho de 2020, a Prefeitura do Município de Araraquara iniciou a implantação da faixa de parada exclusiva para motos nos semáforos das principais ruas da cidade. No entanto, muitos motoristas não têm respeitado a sinalização, o que motivou o vereador e primeiro secretário da Câmara Municipal de Araraquara, Rafael de Angeli (PSDB), a solicitar a realização de Campanhas Educativas de Trânsito.


O pedido consta da Indicação nº 2573/2021, encaminhada à Prefeitura na quarta-feira (9). No documento, o parlamentar reitera a necessidade da medida, pois, ao não respeitar a sinalização, acaba-se "inutilizando uma ferramenta tão importante para o trânsito".


"É necessário que todos estejam cientes da verdadeira função e do propósito dessas novas sinalizações para que construamos juntos um trânsito mais harmônico e seguro em nossa cidade", explica Angeli.

Faixa para motos


A nova sinalização feita no solo consiste em faixa de pedestre, faixa de retenção, área delimitada para motos, uma segunda faixa de retenção e espaço para os demais veículos. De acordo com a Prefeitura, espera-se, com esse distanciamento dos carros, prevenir acidentes nos primeiros momentos após a abertura do semáforo, promovendo um trânsito mais seguro com a diminuição dos índices de acidentes envolvendo condutores de moto.


Na cidade de São Paulo, esta iniciativa faz parte da chamada "Operação Frente Segura", lançada em abril de 2013, que demonstrou, nos primeiros dois anos, reduções significativas no número de acidentes. Segundo dados de 2015 da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o projeto teve uma aprovação média de 93% da população.


"Tudo é uma questão de hábito. A campanha educativa serviria para mostrar a importância da iniciativa e fazer com que todos obedeçam essa importante ferramenta", conclui o vereador.



17/6/2021